domingo, 20 de outubro de 2013

O que importa mesmo é ser feliz, certo?


Ainda esta semana vi imagens do casamento da Daniela Mercury com a sua Malu.
E uma das notícias deste fim de semana foi o casamento de Diogo Infante com o seu empresário e que o próprio confirmou no Facebook oficial. 
Estamos num país em que é preciso ter coragem para se assumir como sendo uma pessoa com opções diferentes das mais comuns. Num primeiro momento, não vou dizer que não fiquei surpreendida com a notícia do casamento do Diogo mas verdade seja dita, ao assumir-se, acredito que ele tirou um peso de cima uma vez que andar escondido não é solução para ninguém. 

E basicamente andamos todos à procura do mesmo, não é? 
Sermos felizes. 
Por isso, cada um escolhe o seu caminho. E parabéns a todos os que têm coragem de partilhar o caminho que escolheram, sabendo que há pessoas que ainda têm tantas barreiras para derrubar.




7 comentários:

disse...

O que importa mesmo é que as pessoas sejam felizes :)!! Já sou a tua primeira seguidora ;)!!

www.semjeitonenhum.com

Vicky Buongiorno Principessa disse...

Há muita gente ignorante que ainda faz destes casos notícia, é tão só e apenas o natural, duas pessoas que se amam, um casamento.

S* disse...

Fico mesmo feliz por ele. Encaro a homossexualidade com total naturalidade.

medusa disse...

Ora nem mais!

A Pimenta* disse...

Obrigado Cê :)

Inês Pereira disse...

Eu fico feliz por ele, mas muito triste por mim!
Mas sem qualquer preconceito à mistura.
Apenas por ser menos um homem bonito e charmoso no mercado! ;)

JP disse...

A felicidade é o mais importante. Tenha ela a cor que tiver.

Também admiro os/as que se assumem e mostram ao mundo o seu momento ...

Beijinho
(já te sigo)