domingo, 8 de dezembro de 2013

Não gosto.



Não gosto nada de entrar numa loja e ser logo "assaltada" pela funcionária que imediatamente começa a desbobinar as promoções em vigor para a coleção de perfumes de homem, de senhora, dos cuidados anti-idade and so on, so on... Dá logo vontade de fugir. 
Digo sempre o mesmo "Se precisar de ajuda, eu chamo-a". Mas passado pouco tempo, aparece novamente a funcionária com mais questões. 

Eu gosto de ver, escolher com calma, sem sentir sombras atrás de mim. Please. Se precisar de esclarecimentos sobre este ou aquele produto, eu solicito ajuda. É assim tão difícil? 

[serei eu a única assim?]


10 comentários:

disse...

Também não gosto nada :S

Sem Jeito Nenhum Blog

Dreamer Girl disse...

Olá :)
não subi ao cimo cimo da torre eiffel, fiquei-me pelo 2º piso e já cheia de medo... :p
Quando percebi a altitude ai jesus... Agora imagino se tivesse subido ao topo :P

Beijinho**

Inês Pereira disse...

Concordo em absoluto!

nobody listening disse...

também me aborreci-a tanto .. agora já relevei. elas são "obrigadas" a agir assim para mostrarem desempenho e produtividade à empresa :( elas também não gostam :(

Suricate disse...

Não gosto disso, mas também detesto entrar e sair sem que boa tarde digam sequer. Ou precisar de fazer uma pergunta e não avistar um único funcionário...

medusa disse...

não, não és a única. Aliás, se me rodeiam muito dou meia volta e adeus!

Catarina disse...

Por acaso também não gosto nada que me façam isso... Prefiro ver sozinha e se precisar depois peço ajuda... Beijinho*

Catarina disse...

Por acaso também não gosto nada que me façam isso... Prefiro ver sozinha e se precisar depois peço ajuda... Beijinho*

Letrinhas disse...

Eu trabalho numa loja onde tenho mesmo de ir falar com os clientes quando entram. A não ser que já conheçam a loja e o conceito da mesma, os clientes precisam da minha ajuda. Mas se me dizem que não precisam de ajuda afasto-me e não os volto a abordar deixando-os estar à vontade :)

Karina sem acento disse...

Também não gosto nada. E ainda pior quando não saem mesmo do teu lado por nada deste mundo. Depois há aquelas lojas em que não vês ninguém e quando precisas mesmo de ajuda, quando finalmente encontras alguém ainda são mal-educados como se estivessem a fazer um grande favor. Nem 8, nem 80!