domingo, 15 de dezembro de 2013

Porque todos nós gostamos de dar presentes especiais aos outros.



Quando entro numa loja, direcciono-me quase que imediatamente para aquilo que gosto. Mas quando se anda à procura dos presentes ideais para as pessoas que mais nos são próximas, o mais difícil mesmo é conseguir "desligar-me" dos meus gostos pessoais e pensar naquilo que realmente aquela pessoa gostaria de ter no Natal. Não é fácil, mas é um exercício que vou praticando todos os natais.

4 comentários:

Wendy disse...

Não é mesmo nada fácil, mas acaba por ser uma experiência engraçada :)

Mrs. BlueBerry disse...

Às vezes torna-se complicado comprar um simples presente :)

Happy Brunette disse...

Eu só compro se for do.meu agrado, tenjo qie escolher a pensar na pessoa mas como se. fosse para mim :) e nem sempre é fácil ;)

Portuguesinha disse...

Sou o oposto. Quase nunca penso em mim. Sempre tive o costume de ver uma coisa bonita e logo dizer: "não sei quantos ia gostar".