terça-feira, 6 de maio de 2014

Naquelas fitas moram tantos desejos.



Hoje foi o cortejo da Queima das Fitas na cidade do Porto. E mesmo passado 6 anos, não me esqueço da sensação que tive de passar na tribuna pela última vez.
Olhando para trás vejo muitos sonhos, o desejo imenso de acabar a licenciatura e ter emprego. Entrar no mundo do trabalho dava medo. É totalmente diferente ser-se estudante e depois ser-se trabalhador, mas confesso que (apesar de ter algumas saudades da faculdade) sinto-me bem melhor agora. Não conseguia voltar a viver com os meus pais e a depender, de certa forma, deles. Gosto do meu trabalho, gosto de ter de cumprir horários, gosto de receber o meu ordenado. Gosto de trabalhar. Estudar continuo a fazê-lo mas de forma diferente, sem a pressão de avaliações, trabalhos, etc.

E quando vi hoje na televisão as imagens das centenas de estudantes no cortejo, pensei eu na quantidade de sonhos que está ali. Será que o país vai ter lugar para todos aqueles licenciados? 
Mas hoje é dia de festa. Hoje é o dia mais emblemático da Queima das Fitas e acredito que nenhum deles, hoje, pense nisso. É o melhor.

5 comentários:

Hibiscus disse...

Um mundo novo que eu, como finalista, estou pronta para enfrentar :)

Flor Guerreira disse...

A minha foi em Coimbra...mas as sensações são as mesmas...

Hermione disse...

Eu estou a estudar de novo e trabalho ao mesmo tempo. Não tenho uma vida fácil, e quando só trabalhava adorava a independência que aquela fase de vida me dava. No entanto, e apesar de nem sempre ter pensado assim, acho que não há vida como a de estudante. São os tempos mais livres e despreocupados que temos. Achamos que não, que é tudo o fim do mundo, mas quando entramos no mercado de trabalho e na vida real de gente grande, aí sim percebemos a diferença. Mas a minha independência não troco por nada :)

Eva Luna disse...

Bem verdade :)

Pequeniña disse...

Também me lembrei muito dos meus tempos de estudante, mas não os trocava pela vida de agora. Com a maturidade também vem muita coisa boa. Ao que parece, fomos finalistas no mesmo ano ;)