terça-feira, 3 de junho de 2014

Ufa!


Nunca gostei propriamente de elevadores. Moro num rés do chão e como tal, sempre que é preciso ir à garagem, poucas escadas são para descer e opto quase sempre por elas.
Mas sexta feira fui fazer umas análises de rotina e o laboratório fica num 4º andar. 
Vamos lá de elevador, então. Fiz o que tinha a fazer e ao vir embora, eu e o Apimentado entramos no elevador para descer mas quando ele está quase a chegar ao rés do chão.... puff... pára!

Ok. Tem calma Pimenta. Respira fundo. Isto já começa a andar, não tarda nada. - diz-me o meu querido homem que já me conhece mais do que ninguém, imaginando os cenários que se começavam a formar na minha cabecinha. 

Segundos mais tarde, que mais pareceram longos minutos, tudo igual. Toca a carregar em alguns botões e nada. Eu muito quietinha a tentar não entrar em pânico. Aqui a minha pessoas nestas situações não sabe manter a calma. Não adianta. 

O elevador torna a subir para o quarto andar. Ufa! Estamos salvos.
Pois que preferi descer pelas escadas do quarto andar até ao rés do chão. Mesmo com uma barriga de oito meses de gravidez, pareceu-me bem melhor descer aquelas escadas todas a pé do que meter-me novamente dentro daquele elevador.

Se até agora não gostava de elevadores mas não tinha nenhuma razão aparente para tal, a partir de agora já não posso dizer o mesmo.  

 

17 comentários:

Timtim Tim disse...

Grávida de sete meses fiquei presa no elevador do meu prédio. E tive que escalar um bocadinho para conseguir sair, senão tinha de esperar que viesse a assistência.

♥Cat disse...

Eu também me tenho de controlar muito cada vez que fico presa num elevado. Felizmente, há muito tempo que não acontece mas fico sempre com a sensação que me está a faltar o ar.
A diferença é que, no meu caso, sou uma preguiçosa de primeira por isso não deixo de andar de elevador...

Magda E. disse...

não tenho propriamente pavor de elevadores e entro bem neles sem me pôr a pensar, mas confesso que qd ando sozinha e os andares a subir/descer são mts tb me deixam pouco confortável.

Sónia TM disse...

Vá lá que até acabou por correr bem :)
Mas os elevadores por vezes pregam-nos uns sustos


Sónia
Taras e Manias

Miss Purple disse...

Também foi um azar daqueles possas...
Eu por acaso não tenho problemas...mas se ficar presa, não é muito agradável não. No do meu prédio já fiquei várias vezes. Com calma...

FME disse...

Eu tenho imenso medo de elevadores... E também de corredores desocnhecidos o que faz com que de vez em quando ande feita doida a correr prédios acima prédios abaixo xD

Linhas Cruzadas disse...

Também já fiquei presa (duas vezes) num elevador e não foi uma experiência nada agradável. E tendo em conta que sou um pouco claustrofóbica, em nada ajudou à situação...
Como te percebo...

Catarina disse...

Quando a minha mãe estava grávida do meu irmão, também lhe aconteceu o mesmo! Estava no elevador com o meu pai e de repente o elevador para sem nenhum aviso! na altura foi o meu pai que entrou em pânico por pensar que a minha mãe ia ficar mal, mas felizmente ficou tudo bem! :D
Beijinho*

Hibiscus disse...

Eu ando todos os dias de elevador e raramente fiquei presa no entanto quando fico também entro um bocadinho em pânico, então se estiver sozinha nem se fala :b

Morango Azul disse...

Jasus...

Estrelinha Sónia disse...

Fiquei presa num elevador mais de 15 minutos há umas semanas... Não gosto nada de elevadore :(

Princesa Jasmine disse...

No meu caso não é bem medo (ou será) de andar. É medo que ele pare, avarie e também porque faz-me impressão estar fechada num espaço tão pequeno. É tudo junto.

Choques Rosa disse...

Ja passou e correu tudo bem e é o que importa:)
Eu também tento optar sempre pelas escadas :)

Choques Rosa disse...

Ja passou e correu tudo bem e é o que importa:)
Eu também tento optar sempre pelas escadas :)

C*inderela disse...

A ideia de ficar presa num também não me agrada nada.

A Tulipa Azul disse...

Deve ter sido cá um susto, mas o importante é que acabou tudo bem.:)

R* disse...

Desde que nos Hospitais da Universidade de Coimbra o elevador parou e eu fiquei lá fechada tipo 30 minutos (às escuras) e com apenas uns 12/13 anos de idade... Esquece!