quarta-feira, 6 de agosto de 2014

A minha relação com a máquina fotográfica

Soube aqui que "os pais fotografam, em média, os filhos, 780 vezes, no primeiro ano de vida, sendo que a frequência com que os fotografam vai diminuindo consoante eles crescem."

Não sei como fundamentaram estas estatísticas mas pessoalmente, creio que no primeiro mês de vida da minha Pimentinha já esgotei as 780 fotografias que, supostamente, os pais tiram no primeiro ano de vida aos seus rebentos. Acredito piamente que são recordações que ficam sempre connosco para, um dia, fazer o tempo voltar atrás, ao olhar para ela e ver o quanto modificou e cresceu.

A minha relação com a fotografia já é muito antiga. 
Mas nem sempre foi assim. Lembro-me de ser adolescente e detestar que me tirassem fotos, mas a coisa mudou com o tempo. Mal surgiram as primeiras máquinas digitais, tive a sorte dos meus pais me darem uma e isso foi o início do meu amor pelas fotografias. Gosto de olhar para as imagens e relembrar tudo: como me sentia naquele dia e o que vivi naquele momento. Se vou ao supermercado ou à confeitaria, não levo máquina na carteira, mas tirando isso, ela anda quase sempre lá. É quase que um objeto obrigatório. 
E como mulher precavida que sou, vou guardando os meus tesourinhos num disco externo para o caso de um dia o meu computador morrer. Se ele morresse e levasse com ele todas as fotos e não tivesse nenhuma cópia noutro local, era caso para chorar baba e ranho.



6 comentários:

Miss Purple disse...

Eu uso mais o telemóvel, e gosto também :)

Linhas Cruzadas disse...

A fotografia também sempre foi uma paixão minha. Mais tirar aos outros do que propriamente aparecer. Depois acontece que tenho imensas fotografias das outras pessoas e eu raramente apareço. Mas pronto... cada um com a sua paixão. Não posso culpar os outros de não gostarem de tirar fotos e consequentemente eu raramente aparecer...

Cris disse...

Eu adoro rever fotos antigas ;)

Sónia TM disse...

Eu AMO fotografia, acho o registo mais memoravel, de qualquer momento... pois nem a nossa memória sabemos se será a mesma um dia ;)

Sónia
Taras e Manias

C*inderela disse...

Cá por casa não faltariam fotos! Eu gosto de levar sempre a camâra para muitas situações mas tiro poucas fotos, já ele gosta de tirar apenas a momentos especiais mas quando começa a clicar já não pára!

Ana Raquel disse...

Sem comentários....eu tirava 'montanhas à mais velha e esta fico-me quase sempre pelo tmv...