quarta-feira, 24 de setembro de 2014

3*

" (...) Quanto mais lemos, ouvimos e queremos fazer, mais nos perdemos. O bom senso, que sempre guiou os nossos pais e todos os das gerações prévias, deixou de ser a bússola orientadora. Agora aprendemos pelos livros, de estranhos que (des)conhecemos, pela net, pelos outros, e menos por nós. As teorias de educação são mais que muitas, dependendo do sentido que queremos, do estilo em que acreditamos. Podemos escolher uma diferente para cada semana do ano. O certo de hoje é o errado de amanhã. Mas, se uns acreditam nos benefícios da tecnologia, outros deitam por terra o seu uso por completo.

Somos aquele tolo no meio da ponte, ora vira para um lado, ora vira para o outro. Andamos ao sabor do vento e dos dizem que sabem mais, sempre com o medo, com a chantagem psicológica que iremos prejudicar os nosso filhos.

Ora, é avassalador rumar sem bússola.

Mas não devia ser muito difícil criar e educar uma criança. Afinal, basta darmos o nosso melhor, usar o bom senso e fazer o que sabemos: amar e cuidar."


Li isto aqui
Se anteriormente este tipo de textos passava-me um pouco ao lado, agora fazem todo o sentido, talvez porque agora já sei o que significa a expressão "ser mãe". Uma coisa é o que se ouve mas nunca se experienciou. Outra coisa é viver as situações. E ter um filho é algo extraordinário mas na prática é uma imensa revolução de vida. Mas isso não invalida a sensação de olhar para a Pimentinha, vê-la a sorrir e pensar "És minha" e tal provocar uma imensa onda de felicidade no meu coração. 
Há precisamente três meses passamos a ser três: eu, ela e ele.

6 comentários:

Suricate disse...

Parabéns aos 3!!!

Essa noção de que não há livro que te ensine vai aumentar:) A tua vizinha continua aqui para o que precisares:)

jinhooooossssss Vizinha!

Tanita disse...

A vida uda mesmo completamente e passamos a ver as coias de uma outra maneira, que só vivênciando se consegue perceber.
Parabéns à Pimentinha e aos papás

Catarina disse...

Parabéns! :)
Um beijinho muito grande e felicidades*

Timtim Tim disse...

Concordo na íntegra com o que dizes. Nunca se opina com clareza sobre aquilo que nunca se experienciou. Quanto aos 3 dos 3: muitos, muitos parabéns. É tão giro até consigo imaginar a vossa família, só daquilo que escreves, embora não escrevas muito pormenorizadamente (e fazes bem).

Moa disse...

:)

Nany disse...

Parabéns aos 3 pelos 3.
Bjs