quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Podem bater com a porta mais devagar, por favor?

Vivemos no rés do chão. 
O quarto da Pimentinha é a divisão que fica mesmo ao lado da porta de entrada do prédio. 
Pois que quando ela está a dormir, os vizinhos entram e saiem e batem a porta da entrada do prédio como se não houvesse amanhã. Isto sempre me passou ao lado, mas agora é coisa para despertar em mim os meus instintos sérios de homicida.

[é isto e quando se põem animadamente a conversar em grupo no hall de entrada. Sim, fico de cabelos em pé!]

13 comentários:

Catarina disse...

Isso é tão chato! :S
Espero que ela não acorde muitas vezes... Devias por um papel lá na porta de entrada a pedir para fechar a porta devagar... Beijinho*

Ísis disse...

Porque não colocares um papel na porta, tal como sugeriu a Catarina? É bom senso, eu sei, mas as pessoas não conseguem tê-lo.

A Tulipa Azul disse...

Que chato!! tens que avissar os vizinhos para terem mais cuidado.:)

Miss Purple disse...

Aqui é mesmo a porta das casas.. agora por volta das 7 e pico da manhã, alguém sai e praticamente atira com a porta.
Claro que se ouve e bem !
Enfim...

Moa disse...

Como me revejo...

AvoGI disse...

Pois, e se vivesses ao lado do elevador essa é que era. Uma chatice
Kis:=(

Sónia TM disse...

Sei bem o que isso é, quando vivia com meus pais era tal e qual


www.tarasemanias.pt

DiliciousBlush disse...

eu fico doida é com baterem as portas do carro com força enerva-me tantooooooooo. Eu como moro em moradia não tenho esse problema felizmente dos vizinhos

mmm´s disse...

Civismo... Tanta falta faz neste mundo!

Hibiscus disse...

Eles nem se devem aperceber que incomodam, o melhor é falares sobre isso com eles.

Ana disse...

No meu prédio é as portas das escadas, como são daquelas corta-fogo, pesadas, se não a seguram ao fechar faz um estrondo...às vezes apanho casa susto!

Bella Condessa disse...

Meu Deus, esse post poderia ser meu!! Sei +perfeitamente o que passas, é demais! Também moro no rés do chão e tomo cada susto!!

Coguie disse...

E que tal uma reuniãozinha de condomínio? eles podem nem saber dessa situação.. tenta...