quinta-feira, 19 de março de 2015

O primeiro dia do pai.


Ainda estava na barriga da minha mãe e já sabia que irias ser o melhor pai do mundo, para mim. Quando nasci, tive a confirmação disso mesmo. Ainda me lembro de te ver com aquela bata verde de hospital a olhar para mim tão comovido. Eu ainda estava um pouco atordoada da viagem que tinha feito para vir parar aos teus braços, assim como aos da mamã, mas soube naquele momento que vim parar à família certa. Gosto muito quando brincas comigo no sofá, na manta que está na sala. Gosto muito de fazer cu-cu contigo. Gosto muito quando embirras com a mamã por causa da chupeta que caiu ao chão e que ela quer logo esterilizar por causa dos micróbios e tu dizes que não é preciso. Gosto muito quando vais comigo às vacinas porque a mamã tem de ir trabalhar. Sim, porque tu és mais forte que a mamã: aguentas a ver-me a berrar e a chorar como se não houvesse amanhã, por levar aquela pica, e não entras em stress, tal como a mãe faria, de certeza. 
Gosto muito de ser tua filha, papá. E este é o teu primeiro dia do pai* Parabéns!

Pimentinha 

14 comentários:

Indigo disse...

Ooohhh... que fofinho :)

disse...

Que texto lindo :D!

Minnie Me disse...

Que bonito :) O papá há-de ter ficado totalmente babado :) Que lindo :)
Feliz dia do pai :)

Minnie Me disse...

Que bonito :) O papá há-de ter ficado totalmente babado :) Que lindo :)
Feliz dia do pai :)

Andreia Guerreiro disse...

Que texto tão bonito :)
Beijinho

goldentouch-byandreiaguerreiro.blogspot.pt

Catarina disse...

Que querida! :)
Um grande beijinho*

estrela disse...

que bom, este relato é fenomenal!
está muito querido!
parabéns!!!

Miss Purple disse...

Oh que lindo :)
Feliz dia do Pai !!!

martaaconversa disse...

Oh que coisinha mais amorosa... Aposto que o Pai ficou muito babado.

Nany disse...

:) Tão lindo.
beijinhos
Nany

ML disse...

:) que ternura..

Cláudia disse...

Coisa fofa! :')

Opinante disse...

Que lindoooo ;) adorei!

Eva Luna disse...

Ohhhh :)