quinta-feira, 28 de maio de 2015

Constatação do dia.

Hoje de manhã o meu trabalho foi em exterior. Coube-me a mim distribuir uns flyers a publicitar as atividades que vão ser desenvolvidas nas férias de verão.
Destinatários: todos os estabelecimentos comerciais aqui da zona, perto da praia. 
OK. Lá vou eu pronta a fazer uma porrada de quilómetros.
O que nunca pensei ver foi tanta gente nas esplanadas, na praia, a correr, a caminhar, a passear no passadiço. Por momentos achei que me tinha enganado no dia e era sábado ou domingo, tal era a quantidade de gente que andava pela faixa da praia. 
Das duas uma: ou metade dos portugueses já estão de férias. Ou então metade dos portugueses estão desempregados e foram apanhar o belo do sol, enquanto ele dura.

8 comentários:

Timtim Tim disse...

O meu marido está sempre a dizer isso quando está de folga à semana. Que parece que ninguém trabalha. :)Beijinhos à Pimentinha.

Minnie Me disse...

Acho que cada vez mais as pessoas aproveitam para passear e estar em contacto com a natureza... Acho que tem que ver com a crise também... :/

Beijinho Pimentaaaaa linda :)

Clara Bóia disse...

Infelizmente deve ser a segunda hipótese!

Miss Purple disse...

Eh pá aqui na zona há muita fábrica que fecha à sexta à tarde ... mas às vezes fico parva com a quantidade de gente que vejo a passear sinceramente... sem ser ao fim-de-semana.

Magda E. disse...

eu acredito que tb passa muito pela flexibilidade de horários que há hoje em dia. antigamente as folgas eram sempre aos sabados e domingos, mas agr há muita gente com horários rotativos e muitas folgas durante a semana, mais os desempregados e mais quem está de férias, e a necessidade dos primeiros tempos de sol, dá isso. Imensa gente nas ruas.

Maria Mac Taus disse...

Acho que um mix de 50%-50% já vejo muita gente de férias, há empresas que não deixam tirar férias no pico do verão ( a minha por exemplo) mas tambem há muitos desempregados e RSI ..

Wendy disse...

Acho que, infelizmente, é mais a segunda opção...

O Quarto da Maria disse...

E ainda hoje eu ouvia a notícia de que a taxa de desemprego tinha diminuído... Não devem estar a referir-se a este país de certeza.