terça-feira, 18 de agosto de 2015

Há coisas às quais sou um pouco intolerante: falta de profissionalismo é uma dessas situações.

Entro numa loja de uma conhecida cadeia de roupa internacional à procura de um artigo que já lá tinha comprado para a Pimentinha e que gostei tanto que queria adquirir uma segunda vez. 
Procuro e como não estava a encontrar, tentei encontrar uma funcionária que me ajudasse. Encontro uma no perto da caixa registadora. Estava a consultar uns mapas de férias, pareceu-me. 
Não quis entrar de rompante e fiquei especada com a Pimentinha ao lado da dita funcionária para ver se a nossa presença a chamava atenção. 
Nada. 
Passado uns 2 minutos, decido abordar a funcionária com um "bom dia" e perguntando-lhe onde poderia encontrar o artigo X. 
Resposta: "Nunca tivemos esse artigo". 
Eu: "Já tiveram sim. Porque eu já o comprei nesta loja, gostava era comprar novamente essa peça."
Funcionária: "Ah, então já não temos." 

Eu até percebo que já tenha esgotado. O que me chateou no meio disto tudo foi a postura da rapariga. Não se esforçou minimamente em me ajudar a procurar ou a fazer uma pesquisa no sistema. Optou pela via mais fácil. Disse "Obrigado" e saí da loja. 
Eu até percebo que há pessoas que não gostam do que fazem, que há pessoas que podem ter acordado mal dispostas, mas eu não tenho culpa disso. 


11 comentários:

♥Cat disse...

Estou contigo!
Não é postura para se ter no atendimento ao público. Claro que todos temos direito a dias maus mas não temos de deixar de ser profissionais por isso!

Cisca disse...

Eu nessas situações nunca agradeço..

estrela disse...

as pessoas que atendem ao público deviam ter uma formação porque não há quase ninguém que saiba atender com profissionalismo!

espiguinha disse...

Coisas que não se entendem... Não posso com isso também.

miss sixty disse...

o mesmo problema de sempre no atendimento ao publico... :/ é que há gente que não se esforça nem um bocadinho...

CS disse...

Ah, tantas vezes dizem: Não há! Já não temos! e depois encontramos pendurado no cabide...
Atendimento no seu melhor :)

Ana Raquel disse...

Como te entendo.
Lê esta situção para te rires:
http://margaridaflordaminhavida.blogspot.pt/2015/07/manuais-escolares-e-complicacao-dos.html

Maria Mac Taus disse...

Sabes que dificilmente agora me sinto bem atendida numa loja. Parece normal tratar assim os clientes. Quer-me parecer que dão mais depressa emprego no atendimento ao publico a uma menina nova, cara e corpo bonitos e deixam para segundo plano o "bem" atender.

Moa disse...

infelizmente há muita gente que não devia estar no atendimento...

Inês Pereira disse...

Ora aí está uma coisa que me tira do sério: ser mal atendida. Mas a culpa também é dos empregadores que ainda não perceberam que para qualquer função é preciso competência e motivação.

Miss Purple disse...

Enfim ! eu acho que lhe pedia para ela ver em sistema, caso não custasse muito.