segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Gosto de estar no meu canto.


Desconfio sempre das pessoas que gostam de se gabar. Já conheci pessoas que se gabavam de tudo o que tinham e até do que não tinham, com a necessidade de se fazerem notar. Tenho alguma dificuldade em gostar de pessoas assim. Cada um é como é, eu já o sei, mas... cheira-me sempre a esturro este tipo de personalidades. É demasiado fogo de vista, a meu ver. 
Por estes lados, o lema vai continuar a ser este: quanto menos as pessoas souberem da nossa vida, melhor. Fui aprendendo isso com o tempo. Ao início não acreditava, mas já houve situações que me fizerem perceber que certas "energias" parece que travavam o que de bom estava a viver. Por isso, fui aprendendo da melhor maneira a guardar o que de bom me vai acontecendo. 

6 comentários:

Um Mundo a Três disse...

É um dos meus lemas de vida.

Moa disse...

Penso como tu.

Natacha disse...

Também gosto muito do meu canto... E quem me rodeia pouco ou nada sabe da minha vida! Ao longo dos anos, percebi que quanto menos souberem, menos chateiam :)

FME disse...

Também penso como tu... Quem muito fala, pouco faz!

Tulipa Negra disse...

Também penso assim.

ML disse...

Cada vez mais faço isso. E tento que o marido faça o mesmo, coisa que não é tão fácil.