quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Os miúdos têm de saber respeitar-se a si e aos outros.

Tenho alguma dificuldade em gostar de miúdos que têm a mania que têm de ser os primeiros em tudo. Os primeiros a entrar na sala. Os primeiros a lanchar. Os primeiros a serem servidos no almoço. Os primeiros a ir para o computador. Os primeiros a entrar na carrinha para os levar a casa. Os primeiros a arrumar na sala. E a lista poderia continuar.
Miúdos assim espelham a palavra "egoísmo" no seu melhor. Nunca pensam nos outros. Não sabem partilhar, esperar. Um dos filhos da minha patroa é assim. E ela é conivente nisto. Aliás os miúdos são assim, não é por obra de Nosso Senhor Espírito Santo. É porque os pais incutem-lhes que têm de ser os primeiros em tudo. 

E há dias em que tenho de respirar fundo e contar até mil. Porque não concordo com muita coisa, porque para mim todos os miúdos são iguais, sejam filhos da patroa, do Primeiro Ministro ou da mãe que é empregada de limpeza. Mas na prática... isto é tão difícil de implementar. Por mais que se tente tratar os miúdos de igual para igual, os miúdos que são privilegiados sabem que o são. E chegam a ser manipuladores. 
[Há dias em que apetece mandar tudo a um sítio. Mas depois respira-se fundo. Não nos podemos dar ao luxo de dizer tudo o que pensamos e ir parar ao desemprego. Mas que custa, ai custa...]

4 comentários:

Miss Purple disse...

Pois, infelizmente entendo-te.. Mas tem calma !
É mesmo isso, respirar fundo e enfrentar !

Nany disse...

"os miúdos que são privilegiados sabem que o são" ora nem mais.
Bjs

Linhas Cruzadas disse...

O mal é que também há muitos adultos assim, que fazem birra quando não são os primeiros... E isso é muito triste!

Magda E. disse...

nem todos os miúdos são assim por culpa dos pais. eu vejo isso na minha sobrinha. tem uma necessidade imensa de ser sempre a 1ª em tudo, mas é inato nela. a catraia foi sempre assim, desde muito pequenininha. Tem 8 anos e um espirito competitivo como tudo. e ai de quem lhe passe à frente!