terça-feira, 15 de setembro de 2015

Para pensar. Refletir.

Cada vez oiço mais a frase "não tenho tempo" atravessada por outra de igual valor: "o tempo voa!".
Penso que o que nos falta efetivamente é tempo para estar. Pascal dizia que a infelicidade do ser humano residia na nossa incapacidade de conseguirmos estar num lugar. Queremos viver 7 dias num só, estar em todo o lado ao mesmo tempo, passamos os dias desencontrados e ansiosos, ofegantes e frustrados! Falta-nos tempo para estar, porque estar implica parar e nós não temos tempo para perder... Contudo, sabemos que há uma relação entre a qualidade do tempo que damos aos outros e a qualidade das relações que estabelecemos com os outros ... (...) Precisamos aprender a conjugar o verbo estar. O verbo parar. O verbo ficar. Sim é isso que precisamos: precisamos aprender a parar! 
retirado daqui

Devia de imprimir este texto e colá-lo na porta do frigorífico e lê-lo todos os dias. 
Às vezes acho que a vida vai passando por mim sem eu dar conta. E tenho muito medo de olhar para trás e perceber que me preocupei com coisas que não devia, que dei importância a coisas parvas. E o verdadeiramente importante foi ficando de lado. Tenho mesmo medo de não saber parar e de no futuro, me arrepender tremendamente desse facto.

4 comentários:

Ana Nunes disse...

Infelizmente acho que isso acontece com muito boas pessoas, mas também se encontra conjugado com o trabalho. Cada vez mais as pessoas trabalham mais, muitas vezes em algo que não as faz minimamente felizes e quando termina só querem voltar para o seu canto e descansar, não tento paciência para nada nem ninguém, acabando por muita coisa passar ao lado. De qualquer forma, é uma frase inspiradora, obrigada por partilhares.

Nany disse...

è mesmo assim, sabemos que o tempo nos foge das mãos, mas queremos fazer tudo, estar em tudo, saber tudo e no tudo esquecemo-nos do pouco que mais interessa.Somos demasiadamente bombardeados com muito de "tudo".
Bjs

ML disse...

Sabes que mais? Vou imprimir sim! Preciso de me relembrar disso todos e todos os dias! Tenho o mesmo medo...

FME disse...

Olha já somos duas. Às vezes ando de rastos devido a essa pressa e viver tudo.