domingo, 8 de novembro de 2015

Comprar por impulso.

Claramente já cheira a Natal por todo o lado. 
E este fim de semana é o exemplo disso mesmo, com imensas promoções em todo o lado, em que o expoente máximo é a loucura dos brinquedos a 50% de desconto no Continente. Mas mesmo no shopping, já há várias lojas com promoções antecipadas and so on, so on. 

Mas ainda hoje pensei no quanto é importante que as pessoas pensem bem no que compram. Com esta loucura de promoções, acredito que haja pessoal a comprar coisas mais por impulso, do que por necessidade. E acredito que em muitas casas deste Portugal, vai-se chegar a meio de Novembro e vai-se andar a contar trocos porque a malta já gastou o dinheiro todo nos brinquedos (a não ser que já tenham recebido ou que recebam brevemente o subsídio de Natal). 

 

7 comentários:

MAG disse...

Não podia concordar mais! E também não me parece que o Natal se resuma só a brinquedos.

Isa Sá disse...

A época de Natal é muito consumista.

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Ísis disse...

Acho o natal uma época demasiado consumista, infelizmente.

Miss Purple disse...

Mas mesmo. Eu aproveitei a promoção no Pingo Doce e comprei miminhos para dar aos 2 sobrinhos emprestados. Poupei 30 € e gastei apenas 10€ e já está. Agora as loucuras que se vêm...enfim!

ML disse...

Mesmo. Fui ao Continente e confesso que parecia que estavam a oferecer brinquedos tal era o absurdo de carrinhos cheios e cheios de brinquedos. Mesmo com promoção as pessoas investiram dezenas e dezenas de euros. Fez-me uma confusão nem te digo nada.

Suricate disse...

Tive que ir ao Continente de Gaia para minha grande desgraça por uma emergência...fiquei completamente baralhada das ideias quando cheguei aquilo parecia 21 ou 22 de Dezembro!!! Além do estado ensandecido das pessoas o que mais me impressiona é que parece animais, aquilo vira tudo feras capaz de furar um olho ao mais desprevenido!!! Fugi a correr!

Nany disse...

Fui aproveitar a promoção dos brinquedos, mas portei-me bem :)
Um brinquedo para cada um, mais um para o mais novo já que faz anos este mês. Dois desses brinquedos são jogos para estarmos juntos.
Se sou moralista? Não, apenas sei por experiência prórpia que no dis seguinte eles já não ligam porque estão anestesiados com tanta coisa e depois transforma-seno vício do mais e mais. Além disso casa epquena mais + miudos é muito brinquedo para arrumae e limpar.
E pensar no dinheiro investido para andar aos trambolhões? Não, prefiro pegar no dinheiro e fazer outras coisas.
bjs