sexta-feira, 8 de abril de 2016

Respira, inspira. Respira, inspira.

Pimentinha vamos lavar os dentes.
Não!

Pimentinha toca a vestir o pijama.
Não!

Pimentinha vamos mudar a fralda.
Não!

Pimentinha o jantar está pronto, vamos para a cadeira.
Não!

Pimentinha veste a roupa para te ir levar à avó.
Não!

Pimentinha deixa a mãe pentear-te.
Não!

Pimentinha veste o casaco para sairmos.
Não!

Estes são alguns dos exemplos que provam que a minha filha, nos altos dos seus 21 meses, está na fase do dizer que não a quase tudo. Vá lá que gosta do banho. Mas de resto está na fase em que começa a tentar afirmar-se. E está na fase do testar. Quando lhe dissemos para não fazer isto ou aquilo, é quando ela faz mais rápido. Quando lhe dissemos para fazer isto ou aquilo, ela diz que não. 
Dizem que faz parte. Vamos lá ver até quando é que dura. 

5 comentários:

Gorduchita disse...

A minha tb está na fase do não (como aliás seria de esperar). Não diz "não" a tudo, tudo, mas está lá quase.
É mantermo-nos firmes nas nossas decisões e eles vão percebendo os limites (que é o que estão a começar a testar)! Não é fácil mas... mais cedo ou mais tarde, isto há-de passar! :)

Um Mundo a Três disse...

hehe O T. também teve essa fase. Não, foi das primeiras palavras que ele aprendeu. E sim, a palavra mais fácil de sempre, foi das últimas. Muita paciência é o segredo :p

Miss Purple disse...

força com isso :)
E calma... também já fomos assim.. acho eu :P

Maria do Mundo disse...

Está quase com 2 anos...é uma fase terrível...mas passa lá para os 3.

Marilda Cristina Blasse Pereira disse...

Ola, eu costumo dizer que as crianças nesta idade ficam com a boca doce ao dizer NÃO, é incrível, a facilidade com que sai, é como se as letras escorregassem lábios afora não é? Eu tive um técnica, porque acredite essa fase passa, mas ela volta, e volta de tempos em tempos, então eu adotei o seguinte método, eu aguardava um pedido, do tipo ''vamos brincar no play'' eu dizia NÃO, ou quando me pediam um doce ou para ver determinado programa, e mais tarde eu dizia NÃO, para o vídeo game para o computador, e ai eles meio que compreenderam que o NÃO nem sempre é bom, hoje ainda com filhos na casa dos 20 e 15, ainda adoto meu não para o não deles, ao mais velho quando ele fica no muito Não para mim, quando me pede se posso buscar a namorada por exemplo eu digo NÃO!, ao de 15 a historia é diferente não falo não a ele, pois ele nunca fala pra mim...personalidades né!!! Bjucas bom fim de semana