sexta-feira, 4 de novembro de 2016

O que vale mais? Ter paz ou razão?

Há diversas coisas com as quais não concordo no meu trabalho. 
Há algumas políticas e decisões tomadas pela minha querida patroa com as quais tenho de lidar mas discordo.

Nem eu, nem ninguém que lá trabalha. Mas aqui só posso falar por mim. 
Uma das coisas que mais me deixa fora de mim diz respeito aos privilégios que os dois filhos dela têm lá. Mas quem ouvir falar a patroa, acha que eles até são prejudicados por serem filhos de quem são. 

A questão é que, em seis anos a trabalhar lá, já vi e ouvi muita coisa que me faz afirmar que por mais que tente dizer algo em contrário, a minha patroa faz questão de me provar por a + b que a minha perspectiva não está correta, usando claro argumentos que só ela vê.

Estou na fase em que opto por ignorar. Se eu não posso contribuir para a mudança, se a minha opinião e a das minhas colegas não é tida em conta para mudar seja o seja, então para quê importar-me? Para quê expressar o que penso? 



11 comentários:

Gorduchita disse...

E algo não está nada bem quando chegamos ao ponto de deixar andar... :|

VerdezOlhos disse...

O meu homem diz-me algumas vezes isso, precisamente o título da publicação.
Beijinhos

Um Mundo a Três disse...

A vida ensinou-me que muitas vezes é preferível ter paz. Há pessoas que são demasiado centradas nelas e que não conseguem ver mais nada que não a sua verdade.

AMOR XXS disse...

PAZ :) Sem acusações, colocar o dedo na ferida, sem tentar provar nada a ninguém, sem recado por terceiros, ou bocas infantis. Simplesmente, paz. Continua na tua, de coração leve e consciência tranquila. As pessoas acreditam naquilo que querem, não vale a pena perder tempo com o que já está perdido à partida.

Minnie Me disse...

É aquela coisa do ignorar os ignorantes... também prefiro fazê-lo do que ter de lidar com pessoas desse tipo.
Beijinho

♥Cat disse...

Costumo usar uma variante dessa frase: queres ter razão ou ser feliz. Também tenho optado por ser feliz.

Evy Percebes disse...

Compreendo perfeitamente, há coisas que não vale mesmo a pena...
Beijinhos

Tulipa Negra disse...

Acredito que vale sempre a pena lutar pela razão e pela verdade no entanto, no teu caso, acho que é uma luta perdida.
São filhos dela, são vistos através de "olhos de mãe", e muito dificilmente será de outra forma.

Coquinhas disse...

Concordo plenamente com isso :/ nem vale a pena.

Quanto aos brinquedos nao sei se sabes (eu nao fazia ideia) podes encomendar tmb pelo site e usufruir da promoçao eheh por acaso eu foi na boa. Trabalho no shopping c continente, fui la na hora ee jantar e nem fila havia na caixa eheh

Cisca disse...

Acho que vou adoptar essa frase!!

Morango Azul disse...

Concordo em absoluto!
Já desisti de confrontos, argumentos a até "provas provadas"e de ouvir teorias de chácha e blá blá blás e ser sempre a má da fita e nada mudar...
Esquece!!