segunda-feira, 1 de maio de 2017

Nunca quis tanto que um fim de semana prolongado chegasse ao fim.

Cá em casa somos felizes os três. Juntos. Somos o nosso núcleo duro.

Há dias de tudo, mas se estivermos os 3 juntos, tudo se aguenta. 
Por isso, neste fim-de-semana prolongado, a casa esteve mais vazia. O homem cá de casa foi para um congresso em trabalho de três dias, a empresa tem por hábito fazer isto uma vez por ano e escolhe sempre um fim-de-semana prolongado. Desta vez, ele não escapou e teve de ir. E percebo claramente que não sei viver sem ele por perto. Uma grande salva de palmas para as mulheres que conseguem aguentar quando os maridos vão para fora longos períodos de tempo. Não sei como conseguem. Por cá, três dias sem ele e parece que nada é igual. Parece que o tempo não passa e que não chega a hora de ele entrar por aquela porta. 

5 comentários:

Evy Percebes disse...

Como te compreendo, eu também nao consigo. Já está quase a terminar!
Beijinhos

Coquinhas disse...

Sinto sempre o mesmo quando estou mais longe do meu namorado. Acho que é bom sinal ;)
Para a semana vou uma semana para lisboa ter formação...acho que só agora que me caiu a ficha ao ler o teu post :x

A mamã vai casar disse...

Nunca passe por essa situação, mas não deve ser nada fácil.
Já quando ele chega mais tarde do trabalho eu fico sempre a olhar para o relógio e para a porta... :(

Ellie disse...

Como te compreendo... :)

Minnie Me disse...

A família junta ultrapassa tudo :) beijinho