terça-feira, 16 de maio de 2017

Objetivo a médio prazo.

Sou católica. 
Não vou à missa todos os fins de semana. 
Mas tenho a minha fé. 
Uma fé que já me ajudou em muitas ocasiões e uma fé que me leva a agradecer todos os dias o que tenho. E na semana passada, li e ouvi algumas reportagens sobre pessoas que fizeram a sua caminhada a pé até Fátima.E cresceu (ainda mais) a vontade de, um dia, fazer a minha própria peregrinação a pé. A experiência deve ser avassaladora. E um dia, quero viver isso na primeira pessoa. 


7 comentários:

Gorduchita disse...

Se é algo que te move, acho que deves mesmo fazê-lo!

A mamã vai casar disse...

Acho tremendo a coragem destas pessoas, que na maioria das vezes vão a pé não por eles mas por amor a outros.
Admiro muito os peregrinos.
Beijinho

Um Mundo a Três disse...

Quero muito ir a Fátima a pé, estou só à espera de ter filhos um bocadinho mais crescidos. Porque recuperar fisicamente não é fácil. Eu vi pela minha mãe que até unhas dos pés lhe cairam :s

Anónimo disse...

Fui durante alguns anos , a primeira vez por promessa , as outras por ter adorado a experiência , apesar de todas as mazelas do corpo , uma das melhores se não a melhor experiência da minha vida , a chegada ao santuário de Fátima . uma sensação indescritível :)

Cisca disse...

Este ano fiz uma coisa parecida. Quer dizer, na verdade não é nada comparado com o que os peregrinos fazem mas fiz uma caminhada de 20 km até Fátima. Fomos de transporte até uma terra perto de Fátima (juntamente com outros grupos, é organizado pelos colégios Jesuítas em Portugal) e daí seguimos em peregrinação os tais 20 km (com paragens de reflexão, reza e uma missa campal tão, tão bonita).
20 km não são nada. E mesmo assim, quando chegas lá sentes uma coisa que não se explica. Este ano foi a primeira vez que fui mas sem dúvida que - se Deus quiser - lá estarei no próximo ano.

ML disse...

Nunca pense em ir... mas a verdade é que ao longo destes últimos anos tenho pensado nisso.... vou ponderando... a ver vamos se consigo ganhar coragem num destes próximos anos.

Coquinhas disse...

Era uma experiencia que adorava realizar