segunda-feira, 31 de julho de 2017

A única criancinha que vou aturar no próximo mês é a minha filha. Nada mais.

Estou oficialmente de férias a partir das 19h30 de hoje. 
Um ano inteiro de trabalho com crianças e adolescentes é desgastante. E este período de férias de verão com eles sempre em modo on é sempre a cereja no topo do bolo. Entram muitos miúdos novos, que não estão habituados ao espaço, às regras, e é um desafio conciliar o gosto por estarem lá mas também a assimilação de tudo o que implica estar num espaço novo, onde não podem andar feitos loucos. Sim, porque estes miúdos hoje em dia falam alto, berram, fazem queixinhas por tudo e por nada. E isso, cansa, minha gente. E cansa. Gosto de trabalhar com miúdos mas não deixo de, em certos momentos, aspirar a um trabalho menos desgastante e menos exigente. Os miúdos é que mandam hoje em dia. E lidar com eles, com os pais, com uma patroa que só está bem dentro de um gabinete e não conhece a real realidade fora daquelas quatro paredes é algo que desgasta e me tira o sono. Ao que parece este mês, o meu estimado Apimentado já deu comigo a falar de noite imensas vezes como se estivesse a falar com os meus meninos. E por isso, chego a hoje com um peso nas costas que espero que se liberte não tarda nada para usufruir deste mês santo que amanhã chega. 


5 comentários:

J* disse...

Boas férias!
https://jusajublog.blogspot.pt/?m=1

Coguie disse...

Boas férias!!! :D

Ellie disse...

Que sejam uma férias muito boas, relaxantes e cheias de sorrisos!
As minhas também estão quase aí. :)

asminhasquixotadas disse...

Como eu a compreendo... Esse peso maldito que carregamos sempre e que custa a largar. Enfim, boas férias! Que seja um excelente mês. :)

Gorduchita disse...

Boas férias! :)