quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

O ser humano gosta de guardar coisas. Até um dia.

A semana passada foi semana de arrumações cá em casa. 
E mais uma vez comprovei, a mim mesma, que periodicamente, devia de haver o dia do "destralhar". Talvez se fosse algo mais frequente de se fazer, não tinha chegado a este ponto. 
Comecei pela bijuteria e malas. O que já não uso, foi para dar. 
Passei pela gaveta dos medicamentos. Havia alguns cujo prazo de validade já tinha acabado em 2014. Expliquem-me lá porque raio tinha eu medicamentos de tal altura?! 
Voltei-me para a roupa. Há vestidos que já não uso inevitavelmente. Também foram para dar. Até a roupa interior foi passada a pente fino - o que já não uso foi para o lixo. 
Entretanto, chegou a vez do escritório. Aqueles dois montes de papéis ficaram impecavelmente organizados em inúmeras capas, todas etiquetadas, mas neste caso, todo o mérito é para o homem cá de casa que esteve quase dois dias a organizar a papelada. 

A casa ficou mais leve uns 20 quilos [e eu também, psicologicamente falando]. 




15 comentários:

Ellie disse...

Desde o início do ano passado, mais ou menos, comecei a fazer isso de vez em quando. Quando sinto que um armário ou uma gaveta está a precisar de uma vistoria, ponho mãos à obra. E é uma maravilha ver depois tudo arrumadinho com aquilo que apenas precisamos realmente. Sinto-me uma pluma! hehehe :p

Gorduchita disse...

Já destralhei imenso em minha casa, mas preciso de voltar a dar uma volta às coisas! Continuo com a certeza de que tenho coisas a mais.

Mel disse...

pois tb preciso de me dedicar a isso... e a garagem?!! ninguem imagina a tralhada...

bjs e bom dia!

Um Mundo a Três disse...

Tento trazer cada vez mais o minimalismo para a minha vida. O meu calcanhar de aquiles é o facto de ser vaidosa, muito vaidosa com os meus filhos. E acabo por comprar roupa desnecessária e a preços que não havia necessidade. Não penso duas vezes em comprar uma peça de roupa por 40 euros para um deles se gostar, mas penso 10 vezes se deva comprar uma camisa de 10 euros para mim. No fundo sei que não faz sentido, porque depois custa-me imenso desfazer-me das peças. Um ponto a melhorar sem dúvida.

nat. disse...

:)
Lá em casa somos muitos, e a tralha também...
De quando em vez (e não de vez em quando, como deveria ser) lá faço uma sessão dessas... mas nunca dura muito tempo... Somos muitos... Mas com persistência chegamos lá... pelo memos assim espero!

VerdezOlhos disse...

Como eu te compreendo, tenho feito esse mesmo processo nos últimos anos (ou tentado) e nem que seja gaveta a gaveta, lá muito de vez em quando, sinto que ficamos mais leves quando nos desfazemos do que não faz falta. E é tão mais simples e fácil viver/ aproveitar/ desfrutar com menos coisas / só com o que faz realmente falta!

Beijinhos

м♥ disse...

Faço isso pelo menos 3x por ano. Fiz no final do ano ou início deste, não sei precisar. Agora que me vou mudar, há coisas que também não vão para a casa nova. Adoro a sensação de destralhar! Sinto-me sempre muito mais leve, organizada e até limpa, depois de fazer essas arrumações. Sabe tão bem!

C. disse...

Ai nem me digas nada! Os meus pais são dessas pessoas que guardam tudo e mais alguma coisa... acho que fiquei com trauma porque eu deito tudo fora ahahahah

Tenho "Perguntas & Respostas" lá no Reino... faz uma visita ;)

Beijinhos,
O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

Tulipa Negra disse...

Preciso muito, mas mesmo muito, de fazer o mesmo...

Suri disse...

E o sotão?!?!?!??!
JASUS! Uma vida inteira ali dentro!!!!

Eu de vez em quando sou tomada por uma corrente de ar e vai tudo à minha frente numa rabanada de vento...só tenho pena de não conseguir o mesmo do lado de MorMeu....que consegue olhar para um papel fora do sitio durante ANOS! grrrrrrrr!!!!

Jinhoooosssssssss

ML disse...

Preciso imenso de fazer o mesmo, quando o nosso novo apartamento ficar pronto vou aproveitar as mudanças para destralhar. Destralhar muito!

Sonhadora disse...

É algo que tenho vindo a trabalhar, comecei pelos objectos de decoração, já comecei com as roupas mas ainda há muito trabalhinho a fazer neste campo. Tenho de fazer uma selecção maior do que irá para dar/lixo e parar de repôr!!!

Anónimo disse...

Eu mudei de casa e fiquei com 1/3 das coisas: as que me faziam sorrir e que aqueciam o coração.
Para teres noção, limpo o pó da sala em 1 minuto 😂😂😂.

Sandra disse...

Eu mudei de casa e fiquei com 1/3 das coisas: as que me faziam sorrir e que aqueciam o coração.
Para teres noção, limpo o pó da sala em 1 minuto 😂😂😂.

Magda disse...

Faço isso com muita frequencia, destralhar é um exercício diário que nos faz mais bem à alma do que a outra coisa qq.